Estratégias e táticas de marketing: a importância de dominar as diferenças.

10 principais diferenças entre estratégia e tática de marketing

‘Qual é a diferença entre estratégia e tática?’ É uma das perguntas mais comuns que “surgem” quando se discute a criação de planos de marketing com as empresas.

Não é nenhuma surpresa, já que a diferença entre essas duas atividades muitas vezes não é distinta. No entanto, é uma pergunta importante a ser respondida, pois nossa pesquisa mostra que muitas empresas não têm uma estratégia ou plano de marketing claro. Sem uma estratégia clara, é provável que algumas de suas táticas sejam mal direcionadas, portanto, podem não estar impulsionando o negócio na direção necessária.

10 características principais que distinguem estratégia e táticas de marketing.

Neste artigo, mostrarei a diferença entre estratégia e tática observando as características da estratégia de marketing, que a distinguem das táticas. Darei exemplos que ajudam a mostrar a diferença entre os dois com base em atividades estratégicas essenciais.

1. A estratégia define a direção futura e as atividades táticas não

Todas as empresas usam táticas para executar seu marketing porque elas acontecem organicamente, mas uma estratégia de marketing não, em vez disso, requer um esforço proativo para defini-la e comunicá-la para definir as táticas. É vital definir uma estratégia, pois, em última análise, é isso que tornará seu negócio bem-sucedido, diferenciando-o de seus concorrentes.

A excelente estrutura SOSTAC® de PR Smith mostra claramente a diferença entre estratégia e tática. Ele demonstra como a estratégia responde à pergunta “Como chegamos lá?” Enquanto as táticas são “os detalhes da estratégia”.

Diagrama SOSTAC – Fonte: TOT Conteúdo.

Paul Smith dá diferentes exemplos de táticas. Isso inclui o mix de marketing dos 4Ps de produto, promoção, local e preço.

Apenas para mostrar que a distinção entre estratégia e tática nem sempre é clara, Paul e eu tivemos muitas discussões ao longo da escrita de nossos livros sobre as diferenças. Admito que os detalhes dos 4Ps são táticos, mas como veremos, os processos de priorização são claros.

Onde concordamos é que a tríade de STP – segmentação, direcionamento, posicionamento SÃO uma parte fundamental da estratégia, como veremos nos pontos a seguir.

2. Estratégia define vantagem competitiva

Olhar para a estratégia através das lentes de quão precisamente você pode competir contra os concorrentes é uma boa maneira de distinguir entre estratégia e tática. Se for adequado à sua mentalidade, você pode considerá-lo como suas “regras de combate” em uma batalha ou guerra.

Sun-Tsu foi certamente o primeiro a escrever sobre isso e o pensamento estratégico de Sun-Tsu pode ser prontamente aplicado à estratégia de marketing, sua citação bem conhecida, mas provavelmente apócrifa, ilustra bem isso:

“Estratégia sem tática é o caminho mais lento para a vitória. Tática sem estratégia é o barulho antes da derrota”.

3. A estratégia define a alocação de recursos de nível superior

Cada empresa tem recursos limitados de orçamento, pessoas e tempo à sua disposição, da mesma forma que um general. Portanto, uma parte essencial da estratégia é implantar esses recursos para gerar o maior impacto.

Eu gosto da técnica de informar a estratégia, decidindo o que você NÃO vai investir, além de decidir onde você irá se concentrar. Neste artigo clássico da Harvard Business Review, sugere-se que muitas estratégias falham porque não são estratégias, em vez disso, são simplesmente aspirações …

Uma das principais razões para a falta de ação é que as ‘novas estratégias’ nem sempre são estratégias. Uma estratégia real envolve um conjunto claro de escolhas que definem o que a empresa fará e o que não fará.

4. A estratégia define uma visão específica de longo prazo

NO SOSTAC®, o O representa objetivos e visão. Você precisa de metas específicas para trabalhar e avaliar o desempenho. A falta de metas específicas a serem entregues pelas comunicações é um problema comum quando não há estratégia e as pessoas em uma empresa estão se concentrando apenas em táticas.

Além desses números rígidos, ter uma ideia mais suave da visão de futuro é importante para que você possa comunicar sua direção às pessoas dentro de uma empresa e fora dela, aos parceiros e outras partes interessadas. Sua estratégia deve definir a ligação entre visão, metas, objetivos e como alcançá-los por meio da alocação de recursos.

5. A estratégia define objetivos específicos de longo prazo

Coletivamente, as táticas devem apoiar a direção geral de um negócio. Eles devem contribuir para os objetivos gerais do negócio. A melhor maneira de garantir que as táticas estejam contribuindo para os objetivos estratégicos gerais é alinhar os objetivos com as estratégias do LINK.

Também recomendamos a construção de previsões com base em modelos de conversão para garantir que os investimentos estratégicos nos dêem o retorno de que precisamos.

6. A estratégia de marketing define os mercados, públicos e produtos prioritários

É aqui que se encaixa a segmentação, o direcionamento e o posicionamento. As táticas envolverão conceber a melhor maneira de comunicá-los ao público, mas normalmente não envolve uma revisão estratégica de quais são os melhores públicos ou se encaixam no produto/mercado.

Em uma empresa maior, usar a matriz BCG para revisar seu portfólio de produtos e definir prioridades futuras de crescimento é uma técnica fundamental.

Outra parte importante do STP é definir públicos-chave e pessoas de marketing que informarão as táticas de como você alcança e se comunica com esses públicos.

7. A estratégia define o posicionamento da marca

Uma vez que as características, preferências e comportamentos de nosso público-alvo são definidos por meio de personas, a estratégia envolve definir como queremos que nossa marca seja percebida em relação aos concorrentes. Isso envolve considerar os fatores genéricos da estratégia que Michael Porter identificou com base na diferenciação e preços de mercado.

8. A estratégia define como envolver o público por meio da marca

O branding pode ser considerado em um nível tático, por exemplo, quais identificadores de marca e formas de cores usar. Mas a marca também deve ser pensada em um nível estratégico, para considerar como uma empresa pode atrair o público por meio de mensagens importantes, incluindo arquitetura de mensagem e tom de voz, novamente parte do posicionamento em relação aos concorrentes.

9. A estratégia define um roteiro de longo prazo para o investimento em tecnologia e outros grandes investimentos

No marketing de hoje, também precisamos explorar dados e tecnologias para obter uma resposta melhor de nossas táticas. Devemos usar técnicas como o teste AB disponíveis por meio de ferramentas de otimização de conversão para obter os melhores resultados das táticas que usamos. Mas, para fazer essa estratégia de marketing moderna, é necessário definir uma pilha de tecnologia de marketing para conseguir isso.

Nesta era de transformação digital, muitas organizações estão executando iniciativas de mudança para usar a tecnologia de marketing para melhorar seus processos e o uso de informações e dados do cliente. Os investimentos em experiências digitais, automação de marketing e, no futuro, inteligência artificial e e-learning serão significativos.

Freqüentemente, não será prático em termos de custo de tecnologia ou complexidade de investimento implementar tudo o que é necessário em um ano. Portanto, roadmaps de martech de longo prazo para construir uma pilha de martech integrada precisam ser definidos para dar suporte aos objetivos de marketing.

10. A estratégia ajuda a orientar as atividades por meio da governança

Finalmente, uma estratégia de marketing deve ser vinculada para dar às empresas um controle abrangente das táticas. Isso envolve as partes de Ação e Controle da estrutura SOSTAC® de PR Smith. Como parte do planejamento estratégico, precisamos ter certeza de que temos o melhor processo tático para garantir que as táticas estejam alinhadas com a estratégia para garantir que sejam mantidas no caminho certo. Os recursos de membros que temos para apoiar essas atividades de controle incluem:

  • Planejamento de 90 dias
  • Calendários editoriais
  • Cronogramas do projeto de marketing
  • Ferramentas essenciais de marketing digital

Portanto, este é o nosso resumo de por que as empresas se beneficiarão com a definição de uma estratégia de marketing, além de usar as táticas que todos usam. Espero que você também use uma estratégia de negócios!

Se esse artigo foi útil para você, deixe o seu comentário e conte para nós as suas estratégias e táticas de marketing digital!

Fonte: Dave Chaffey – Smart Insights

Deixe uma resposta