vídeos grande poder de viralização

5 dicas para criar vídeos com grande poder de viralização

como fazer vídeos para redes sociais

Se você é adepto a redes sociais e utiliza delas para fazer o marketing do seu negócio, provavelmente você já assistiu a vários vídeos ou tutoriais. Porém, nem todos que são divulgados por aí estão em um formato adequado para obterem retorno dos seus seguidores.

Veja aqui cinco exemplos de como criar vídeos que vão, de fato, gerar engajamento para seu negócio.

1 – Duração: Ao procurar conteúdo na web, as pessoas acabam optando por produções mais rápidas e fáceis de acessar. Ter um vídeo de curta duração é uma ótima estratégia para ganhar público e vender a sua marca. Sempre com fatos interessantes e sabendo articulá-los de forma clara e rápida.

2 – Não fique preso ao áudio: Um fato que as pessoas desconhecem, é que a maioria dos vídeos é assistido sem o som. Os motivos variam como internet lenta, horário de trabalho ou até a falta do fone de ouvido no ônibus. Desta forma, investir em animações, frases, imagens, legendas ou recursos que possam te auxiliar a evitar que o entendimento fique somente no áudio, podem ser uma opção válida.

3 – Faça tutoriais: Vídeos que ensinem algo são bem vistos e compartilhados pelos users. Pense em algo relacionado à sua marca ou alguma dica interessante e publique na sua página.

4 – Impacto: Dinâmica é a chave! Seja perceptível e bem articulado. Faça as pessoas se interessarem pelo seu vídeo logo de cara. A maioria dos vídeos começa a ter conteúdo na metade ou no fim. Evite esse fato e procure colocar fatos que chamem a atenção desde o primeiro minuto.

5 – Descrições e título: Seja criativo na descrição e no título do vídeo. Essa é a primeira aparência que ele vai passar ao público e assim eles decidirão se vão ou não assistí-lo.

Os vídeos são métodos que trazem maior visibilidade para o seu site ou rede social, investir tempo neles é um ponto certo para atrair mais sucesso para seu negócio.

Capriche na sua produção!

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *