Marketing medico Douglas gomides

Descubra o que os médicos podem e o que não podem fazer no Marketing Digital

O Conselho Federal de Medicina (CFM) por meio da Resolução de nº 2.126/2015 restringe alguns comportamentos e atitudes que o médico deve evitar no uso das redes sociais. Essas proibições devem ser seguidas e acatadas pelos profissionais que optam por divulgar suas especialidades e dar dicas na web.

Essas regras englobam também a forma correta de relação dos profissionais com o paciente e tem como objetivo inibir o anúncio de técnicas cientificamente inválidas e estabelecer um parâmetro que evite o apelo à autopromoção ou ao sensacionalismo. A seguir você terá uma relação do que não é mais permitido no marketing digital médico:

1-     Selfies: Também conhecidos como autorretrato são proibidos em horário de atendimento ao paciente e de trabalho. É uma decisão que protege a privacidade de ambos e que evita o sensacionalismo e autopromoção.

2-     Consultas Online: Em comunicações à distância ou em massa, os médicos não podem fazer consultas, diagnósticos ou prescrição de medicamentos e quadros clínicos. Do mesmo modo que mostrar resultados de tratamentos de pacientes na web também é proibido.

3-     Redes Sociais: O profissional não pode de maneira nenhuma anunciar uma especialidade de atuação não reconhecida ou área na qual não esteja qualificado e registrado.

4-     Anúncios: A norma impede o anúncio de métodos e técnicas que não são reconhecidos como válidos pelo o CFM.

5-            Aparelhos: Não é recomendada, a publicação de imagens de equipamentos. No entanto, clínicas estéticas costumam fazer uso dessa prática para a divulgação das suas especialidades; porém na publicação não pode parecer que o equipamento atenderá todas as expectativas do paciente ou trará sucesso no tratamento.

6-            Antes e depois: É expressamente proibido, que esse tipo de composição seja utilizada por médicos.

Quer saber mais sobre Marketing Digital na Saúde? Entre em contato conosco. Envie um e-mail para contato@douglasgomides.com

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *